Pequenas coisas


"Grandes coisas não são feitas por impulso, mas pela junção de uma série de pequenas coisas" – George Eliot

Ao comemorarmos 65 anos de inovação, estamos analisando a "série de pequenas coisas" que tornaram a PolyVision a fabricante de CeramicSteel de hoje. Ao longo de uma evolução de décadas de aquisições e fusões iniciadas em 1954, diversas empresas finalmente formaram a empresa atual. Essas empresas incluíam a AllianceWall, que fabricava aço esmaltado de porcelana para arquitetura (agora conhecido como CeramicSteel), e fabricante da marca de lousas "Greensteel". Em 1963, em um surto de criatividade, Albert Stallion, um funcionário da AllianceWall, descobriu que o revestimento de CeramicSteel também era uma ótima superfície de escrita. Pouco depois, teve início o desenvolvimento de CeramicSteel especificamente para escrita com apagamento a seco.

Ouse ser diferente

Enquanto outras empresas estavam produzindo formas similares de CeramicSteel em todo o mundo, a PolyVision tinha uma abordagem de produção exclusiva usando um processo de bobina contínua. Muitas empresas podiam produzir apenas superfícies esmaltadas de porcelana em chapas, o que limitava suas capacidades. A CeramicSteel fabricada usando um processo exclusivo de bobina contínua era mais desejável para os fabricantes pois acomodava um processo de personalização mais eficiente. A PolyVision podia fornecer uma variedade maior de tamanhos ou vender uma bobina inteira de CeramicSteel acabada para que os clientes cortassem por conta própria.

Maquinário industrial pesado para a fabricação de CeramicSteel

Uma visão geral

Os fundadores da PolyVision estavam determinados a causar um impacto global com seu processo exclusivo e produto de qualidade, então, em 1971, uma fábrica foi inaugurada em Genk, Bélgica, para servir como ponto de partida para operações internacionais. Ainda em operação atualmente, essa fábrica permite que a PolyVision chegue aos clientes independentemente da região geográfica. A PolyVision agora atende mais de 65 países, fornecendo CeramicSteel para uma variedade de aplicações. Consistentemente confiável e com durabilidade renomada - o mundo continuará a exigir um produto duradouro. Foi com esse conhecimento que uma nova fábrica foi inaugurada em Okmulgee, Oklahoma, em 1975, para ampliar a capacidade. No final de 1984, uma linha de bobinas adicional iniciou a produção, oferecendo mais opções aos fabricantes e clientes.

Mapa global exibindo as localizações da fábricas da PolyVision

Inovação encorajadora

A união de beleza e resistência veio em 1987, quando a PolyVision começou a oferecer serigrafia em CeramicSteel. A partir de então, arquitetos e designers puderam adicionar impressão, padrões e cores aos seus projetos de design interno para gerar interesse visual em espaços antes sem cores. Estações de transporte público, infraestrutura arquitetônica e outros ambientes que exigem uma superfície resiliente agora poderiam ser bonitas e duradouras. Sempre trabalhando em busca de objetivos maiores, a PolyVision continuou a tradição de inovação por meio de novos designs, tecnologias e processos, levando cores e interesse a lugares inesperados.

Vista em ângulo de alguns murais em revestimento decorativo de parede que exibem elementos da paisagem do Kentucky, situado nos corredores do Lexington Shriners Hospital for Children

Grandes mudanças

Nos anos 1990, teve início a evolução mais rápida da PolyVision. Após uma série de acordos empresariais, a PolyVision adquiriu um grupo de empresas que incluía a Alliance International – a maior fabricante de CeramicSteel do mundo – e uma variedade de empresas de tecnologia de comunicação visual. Como resultado, a PolyVision desenvolveu um portfólio robusto de produtos que vão desde superfícies de escrita tradicionais até whiteboards interativos e soluções de comunicação visual baseadas em tecnologia. Em 2001, a  Steelcase, uma líder mundial na fabricação de móveis para escritórios, salas de aula e hospitais, adquiriu a PolyVision. Essa aquisição aumentou a capacidade da Steelcase de criar espaços de alto desempenho que incentivam a inovação e a colaboração eficaz. Finalmente, a linha de produtos de tecnologia da PolyVision foi transferida para a Steelcase, permitindo que a PolyVision se concentrasse em abastecer o mundo com os materiais necessários para fazer revestimento arquitetônico e superfícies de escrita de CeramicSteel duráveis.

Escritório com área de reunião fechada contendo sala de espera e móveis de conferência para colaboração

A melhor do mundo

Foi com esse foco que a PolyVision abasteceu mais de 8 milhões de salas de aula com quadros-negros e superfícies de whiteboards, enquanto que a CeramicSteel cobre mais de 2 bilhão de pés quadrados de arquitetura em todo o mundo. As práticas sustentáveis da PolyVision foram reconhecidas em 2006 quando a e3 CeramicSteel se tornou a primeira superfície de escrita esmaltada de porcelana Cradle-to-Cradle Certified™. Em 2015, a empresa começou a imprimir digitalmente em CeramicSteel. Esse processo transfere gráficos de whiteboard de alta resolução diretamente para a superfície a uma velocidade mais alta, ideal para aplicações arquitetônicas e superfícies de escrita personalizadas.

Na PolyVision, a equipe interna de pesquisa e desenvolvimento trabalha para melhorar os processos de fabricação para atender às exigências do mercado ao mesmo tempo em que desenvolve novas superfícies e soluções. Hoje, a PolyVision continua nutrindo uma cultura de inovação enquanto incentiva novas ideias e desenvolve tecnologias inovadoras de CeramicSteel.

Comentários


  1. Cullen Hackler says:

    6 de março de 2019, às 4:41 p.m.

    Muito bom. A PEI compartilhará isso em nossa página no LinkedIn!


  2. adminPV says:

    6 de março de 2019, às 8:20 p.m.

    Obrigado.


  3. Johan Maurissen says:

    7 de março de 2019, às 1:41 a.m.

    ...um pouco preocupado por eu ser tão velho quanto a empresa, mas orgulhoso por ter compartilhado um tempo considerável com seus anos esplêndidos de desenvolvimento e exploração de novos mercados.


  4. Bob Crain disse:

    14 de março de 2019, às 7:58 p.m.

    Um artigo maravilhoso contando a grande história de uma líder global e de uma marca de qualidade. Parabéns!


  5. Bob Crain disse:

    14 de março de 2019, às 7:59 p.m.

    Um ótimo artigo contando a rica história de uma líder global e uma marca poderosa. Parabéns!


  6. Wouter Covens disse:

    2 de julho de 2019, às 7:51 p.m.

    Knap artikel! Mooi bedrijf! Top innovatie! Overtreffende mensen!


Deixe um comentário